Surpresa gostosa com a travesti

Olá pessoal resolvi contar algumas experiências sexuais que tive na vida.
Tinha acabado de desembarcar na rodoviária de Curitiba , era exatamente o ano 2000 .Estava com 31 anos , não conhecia nada por aqui.
Minha infância , adolescência e juventude havia vivido numa cidade do interior de São Paulo. Morava com minha avó Regina. Quando completei 18 anos comentei com ela que eu iria embora para a cidade grande , me convenceu a não ir.Os anos se passaram e na cidade que eu morava não tinha emprego , aí não tive escolha.


Quando desembarquei fiquei admirado com os prédios , as pessoas iam e vinham todas apressadas , normal era a primeira vez que eu visitava uma cidade grande.
Peguei um táxi pra ir até o centro , afinal não conhecia nada e não sabia que da rodoviária até o centro dava pra ir a pé. Sentei em um banco da rua 15 de Novembro quando chega uma morena linda e puxa conversa comigo.
— Oi moço posso conversar com vc?
— Sim moça.
— Está a passeio ou veio a trabalho
— Vim em busca de trabalho. Qual seu nome moça?
— Meu nome é Isabela
— Lindo nome moça e vc é linda também.Meu nome é Valério.
— Quer tomar alguma coisa conheço um lugar ótimo é tranquilo.
— Vamos então , estou com fome mesmo.
Fomos até uma lanchonete comer. um lanche e beber um refrigerante.Ficamos conversando e aí o assunto foi pro lado de sexo.
— Vc tem namorada ou teve?
— Não tenho namorada , aliás nunca tive , na realidade sou virgem.
— Nossa que legal. Posso saber quantos anos vc tem?
— Tenho 31 anos , sou muito tímido e as meninas da minha cidade só ficam com rapazes que tenham carro.
— Primeira vez que conheço um rapaz nessa idade virgem.Então nunca viu uma buceta?
— Ver eu já vi. Morava com minha avó e vivíamos andando pelados dentro de casa.
— Mas buceta de moça nunca viu
— Não.
— Tô achando que vc é gay.
— Como assim gay? O que é isso?
Claro que eu sabia , me fiz de desentendido.
— É homem que gosta de homem.Homem que dá o cu pra outro homem.
— Credo que horror , deve doer pra caramba.
— Sabe Valério gostei muito de vc , queria convidar vc pra ir até minha casa moro perto daqui.
Pensei bem , minha avó me disse não dar confiança pra estranhos , mas Isabela não parecia nenhuma bandida.
Chegamos na casa dela , morava sozinha e sua casa era bem arrumadinha.
— Fique a vontade , vou trocar de roupa já volto.
Depois de alguns minutos ela apareceu na sala , estava linda e sexy.Estava com um topzinho sem sutiã e um shorts curto que aparecia um pouco seu bumbum. Sentou do meu lado.
— Gostou?
— Vc é linda , será que estou sonhando
— Não é sonho , sou bem real.
Nossos olhares se encontraram e nossas bocas se tocaram em um beijo apaixonado. Ela tinha uma boca sexy e sabia beijar de verdade.Entre beijos e amassos fomos nos despindo , ela ficou só de calcinha e eu fiquei pelado.Quando viu meu pipi fez uma cara de espanto.
–É pequenininho seu pipi , vou dar um jeito nele.
Ela começou a chupar meu pipi e segundos depois eu gozei.
— Não fará sucesso com as mulheres , além de ter um Pipizinho ainda goza rápido.
— Desculpa não aguentei.
Ela começou a subir beijando meu corpo até que me deu um beijo bem molhado e pela primeira vez senti o gosto de esperma de homem.
— Agora é sua vez de me chupar moço.
Comecei a descer beijando seu corpo , dei uma mamada gostosa no seios dela e aí fui descendo , ela estava de calcinha , quando tirei sua calcinha a minha surpresa.
— Vc tem pinto também.
— Sim e é sua vez de chupar ele.
Tava meio mole , afinal de contas com a calcinha atolada no rabo o pinto dela tava bem guardado.
Comecei meio sem jeito chupando aquele pau que logo foi crescendo e ficou enorme , 23 cm.
— Chupa direito esse pinto seu viadinho.
Senti um arrepio percorrer meu corpo e eu sabia que meu cuzinho seria penetrado por aquele pinto.Ela enfiava aquele pau até o fundo da garganta eu cheguei a engasgar.
Me pegou pelo braço e me levou no seu quarto.
— Fica de 4 viadinho.
Tive que obedecer , começou a lamber meu cuzinho e enfiar um dedo , depois 2 dedos e até 3 dedos tentou enfiar. Comecei a sentir um enorme tesão com aquilo.Meu pipi tava durinho de novo.
— O viadinho ficou com tesão.Tá gostando né.
— Sim , estou adorando.
Pegou um lubrificante KY e lambuzou meu cuzinho e se posicionou atrás de mim e foi enfiando aquele pauzao em mim.A cabeça do pinto dela teve um pouco de dificuldade , mas quando passou aquele pau foi deslizando e só ficando as bolas pra fora.Confesso que estava doendo , mas o tesão era demais.
— Que cuzinho apertado vc tem putinha , mas vou deixar bem laceado.
— Para de falar e me transforma em sua putinha.
— Eu adoro putinha bem obediente.
Ela começou um vai e vem delicioso que eu cheguei a gozar sem tocar no pipi. 15 minutos depois anunciou que ia gozar.
— Goza vai , enche o cu da sua putinha de leite.
— Ai tô gozando , tô gozando , uiii que deliiciiiaaaaa.
Gozou e encheu meu cu de leite e começou a escorrer pelas pernas e aí mandou eu deixar seu o pinto limpinho.
— Deixa bem limpo que daqui a pouco tem mais.
Espero que tenham gostado.
Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *