Dando gostoso para o travesti

Sou casado e não estava em dos meus melhores dias passando por vários problemas até que houve um dia de discussões com minha esposa peguei o carro e sai parei em um bar tomei uma cerveja e fiz a besteira entre aspas de tomar duas doses de conhaque oque me fez ir diretamente atrás de mulheres andei muito com meu carro não achei nada até que me lembrei de um ponto de travesti confesso que sempre fui machão mais morria de tesão em ver aqueles corpo lindos quando passava e minha curiosidade em comer uma era muita passei de carro

duas vezes uma loira me chamou muito atenção voltei parei em uma rua antes dei sinal com luz do carro ela desceu e perguntei valor do PG ela disse era linda mais não pude deixar de reparar aquele short minúsculo com volume de não acreditar que estaria ali dentro pois volume era enorme…disse para entra no carro me prometeu muito carinho foi conversando muito fomos no motel tivemos que aguardar ela começou a acariciar meu pau que não dava sinal de vida pqp foi me deixando bravo e ansioso ela pegou na minha mão ainda dentro do carro e colocou em suas pernas puxando pra cima de seu short eu relutei dizendo pode parar sou hétero vim aqui pra te comer.

Entramos no motel ela tirou a blusinha com peitos enorme e veio minha direção para eu beijar chupei muito aqueles peitos e nada do meu pau endurecer ela percebendo me dissew chamando de amor…Amor pega no meu pau pegou minha mão e colocou novamente por cima do shortinho e abriu o zíper e o botão me espantei com o tamanho daquela rola eu nunca tinha se quer relado em pau mais ela fez com eu segurasse minha mão não fechava era grande muito grande e grosso para meu espanto meu pau ficou duro na hora ela começou a me chupar deitei na cama quando ela ficava encostando o pau em mim e começou a descer a língua no meu cu eu relutava e ela dizia pra eu ficar quieto até que ficou de joelhos me puxou e começou a me beija forçando minha cabeça para baixo e pedindo pra eu chupar tentei muito me fazer de durão mais

quando vi tava de cara com aquele pau comecei a dar beijinhos ela disse vai safado chupa essa pica , eu até tentava mais mau cabia na boca mais quanto mais eu chupava mais meu pau pulsava de duro ela ficou no comando quando me pediu pra deitar de bruço começou beijar minha nuca descendo para costas eu tentei me virar quando desceu na minha bunda e começou a passar a língua no meu cu mais disse pra eu ficar quieto e ficou lambendo me lambuzando com saliva até que me virou de frente e começou me chupar e era uma novidade atrás da outra começou a brinca com a ponta dos dedos eu nem falava mais nada quanto mais ela chupava mais o dedo ela socava pra dentro eu já estava pra gozar ela perguntava se estava bom eu só pedia pra não parar e cada vez eu sentia uma dorzinha daí ela pedia calma e chupava forte a dor aumentava as vezes mais era gostoso depois ela pegou minha mão e levou até a sua para me mostrar que já estava com quatro dedos me fudendo e me chupando até que tirou pediu pra eu chupar de novo o seu pau me forçando a cabeça me fazendo engasgar e com minha saliva ela ia jogando tudo no meu saco escorrendo pelo cu e não parava de me chamar de safado que era para eu pedir pra ela que me fudesse eu disse que não todo tempo tempo ela disse então vira deixa eu beija

sua bunda …como essa experiência eu já tinha passado me virei ela pediu pra eu levantar um pouco a bunda assim fiz ela chupava meu pau por baixo e me lambuzava o cu me deitou novamente subindo beijando minhas costas começou a roçar o pau imenso na entrada do meu cuzinho eu já não falava mais só conseguia empurrar a bunda mais pra trás só sei que quando eu senti a cabeça do seu pau no meu cu quase desmaiei de dor além de grande estava muito duro mais ela parou ali e eu continuava mesmo com dor jogava o corpo pra trás parecia que meu pau só endurecia quando sentia o pau entrar cada centímetro ela disse pronto safado putinha já entrou tudo eu acreditei e comecei a rebolar e ela mexer devagarinho mais a dor sumia e aumentava coloquei a mão pra sentir tinha metade pra entrar ainda fui sair devido a for ela me jogou deitado e desceu em cima de mim socou tudinho dessa vez e me segurou pra não sair dizendo que iria passa realmente a dor era muita mais começou a ficar suportável ela começou a mexer novamente e eu acompanhando os movimentos de

vai vem nossa quando eu vi já estava pedindo pra fuder mais e mais forte disse que queria ver eu gozar sem tocar no pau me virou de frango assado deitou por cima e me fudia tipo papai mamãe daí foi demais para mim gozei de um jeito que nunca havia gozado eu nem sentia mais ela me fuder ela pegou parte da minha porra lubrificou ainda mais meu cu quando fez isso tirou pau pra fora e começou a gozar de um jeito que nunca tbm tinha visto tanta porra… fiquei sem fuder ela e ainda começou a dizer que eu era puta eu ficava sem jeito mais enfim me fez gozar de um jeito que nunca vou esquecer sempre tenho essas vontades a partir desse dia mais a coragem que eu tive maioria das vezes não tenho mais e me masturbo muito pensando nisso e até em homens já me imaginei fazendo.

One Reply to “Dando gostoso para o travesti”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *