Primeira vez como passivo com uma trans

Meu nome é Rafael, tenho 32 anos, moro em São José dos Campos.
Escolhi essa história porque foi muito marcante ter saído a primeira vez com uma trans e sido passivo. Isso trago até hoje, saindo as vezes com trans, gosto muito.
Tive boas experiência hetero antes, que irei contar aqui posteriormente.

O ano não me recordo se foi 2012 ou 13. Na época eu morava na minha atual cidade, São José dos Campos. Já havia tido uma experiência com um travesti em minas, após um show que saí muito bêbado e passei por uma de programa na rua e começamos a se pegar. Só fiz oral nela, e ela foi tentar me comer, mas gozou quando encostou o pau em mim hahahhaah. Após gozei na punheta com ela me dedando

Enfim, eu estava no Badoo e acabei encontrando essa trans que morava na cidade do lado. Fomos conversando, a achei interessante e disse que tinha vontade de sair com uma trans e ser passivo, ela disse que não era ativa, mas dependendo podia acontecer. Então, combinamos de se encontrar na sua cidade. Peguei meu carro e fui até lá. Encontrei com ela próximo de uma praça onde estava com amigos, ela entrou no carro e vi a mulata que entro no carro, bem grandona, com seios só de hormônio, com um shortinho e uma blusinha, não era muito bonita de rosto, mas era um mulherão.
Fomos para a sua casa e no seu quarto começamos a nos pegar. Fui beijando, passando a mão em tudo, e quando cheguei no pau dela e coloquei para fora, quase caí para trás., era ENOOOOORME!
Ela começou um oral em mim e quase gozei. Fui lambendo após o cuzinho dela e comecei a colocar devagarinho.
Ela dizendo “Me come gostoso vai, enfia esse pau”

Após um tempo comendo ela, tirei meu pau e fui encarar o dela, peguei ele, que não fechava a mão, e comecei a chupar meio sem jeito, mas me esforcei.
Até ela dizer:
– Você quer que eu te coma né? Vou tentar te comer, para vc sentir.
Eu disse:
– Sim, quero experimentar.

Ela começou a chupar meu cu e deixar bem relaxado, colocou 1, 2 e até 3 dedos, foi amaciando para ir para o combate com seu cajado rsrs.
Quando ela encostou o pau dela, bateu um frio na barriga misturado com tesão, ela foi bem devagar, e apesar de ser a minha primeira vez, ela fez tão bem as preliminares nele que foi maravilhoso, entro com pouca dor e muito prazer. Eu estava de quatro, mas fui caindo até ficar deitado de bruços e ela foi até deitar em cima de mim com o pau enfiado no meu cu. Que delícia!

Ficou me comendo bem gostoso por alguns minutos, até que ela disse que ia gozar e pedi para gozar dentro de mim. Com isso, me bateu um tesão absurdo e fui gozando junto com ela, espirrando jatos em mim mesmo, e ela jogando seu leitinho dentro de mim. Como foi gostoso.

Fui no banheiro me limpar, tomei uma ducha e voltei.
Ela ficou deitada em mim um tempo enquanto nos recuperavamos.
Aí o irmão dela chamou ela no portão e pediu para pedir a mim para tirar meu carro que estava na frente da garagem, porque ele ia colocar o carro dele nessa garagem, mas morava em outra casa. Fiquei um pouco sem graça, e decidi ir embora. Ela ficou um pouco chateada, mas eu não estava a vontade mais.

Fui embora com o cuzinho muito bem comido.

Falei com ela ainda algumas vezes até perder contato, nunca mais a vi.

E ai, gostaram do conto? Vou pegando o jeito aos poucos.
Me mandem sugestões e críticas.
Me mande mensagens também caso queiram conversar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *