Minha Primeira vez com uma Trans

Esse conto erotico aconteceu a alguns anos atras, eu deveria ter uns 28 anos aproximadamente. Depois de ter experimentado o casal bi, minha próxima curiosidade seria uma transex, não queria uma garota de programa, acho algo muito mecânico, gostaria de encontrar alguém que eu pudesse
conversar e que rolasse algo.

Depois de pesquisar mais alguns sites especializados fiz contato com uma trans de uma cidade próxima. Eu disse que tinha muita vergonha, que nunca tinha feito isso antes e que ela deveria ter paciência até eu ester decidido. Após algumas semanas, tinha tomado umas 2 caipirinhas, lembrei dela e me deu uma grande vontade. Mandei mensagem e ela respondeu que eu poderia buscá-la, ainda envergonhado mas com uma vodkinha na cabeça foi mais tranquilo.

Entrou no carro e foi me indicando o caminho do motel, trocamos algumas palavras e ela pegou no
meu pau por cima da calça estava uma pedra. Ela pegou minha mão e colocou no pau dela que também
estava muito duro, levantei a saia, puxei a calcinha de leve e seguei no pau de verdade agora.

Chegando no motel ela disse que eu era muito safado para quem nunca tinha feito isso antes, respondi
que era a vodka. Ela tirou minha roupa toda, tirei a dela, começou a me chupar, isso me deixou com um
tesão louco. Ela virou no sentido contrário e me colocou para chupar também, fazíamos um 69. Poucos
segundos depois ela começou a rodear o dedo na minha bunda, e bem devagar foi massageando e
colocando um dedo, depois dois. Eu não aguentava mais de tesão e pedi para ela parar de me chupar
senão ia gozar.

Ela levantou e disse “se está com esse tesão todo, então está pronto”. Me colocou de 4 e foi penetrando
bem devagar até entrar tudo, com calma foi começando a entrar e sair até o ponto de foder de verdade,
eu comecei a jogar o corpo para trás também, era gostoso mas não o suficiente para eu gozar, via
nos videos mas eu não tinha tanto tesão assim nessa hora, ela me deitou, deitou em cima de mim,
vinha na minha orelha dizer que amou meu cuzinho, que era só dela agora pq era muito apertado,
me abraçou socou mais e senti latejar, gozou.

Levantou para se lavar, ficamos deitados na cama por uns minutos e eu que ainda não tinha gozado
comecei de leve a segurar o pau dela na mão, ele foi crescendo de novo, chupei ate ficar duríssimo,
ela pediu que eu cavalgasse nele, sentei devagar e comecei, pedi para avisar quando estivesse no ponto
que eu ia bater uma junto para gozar também. Acabamos juntos.

Foi bom mas não espetacular, ainda não encontrei uma trans que me faça gozar por trás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *