Primeira vez com uma trans

Esse é o meu primeiro conto e espero que gostem. Tenho 22 anos, 1,80m, pardo, cabelo curto, discreto e me considero uma pessoa simpática. Bom, tudo começou ainda na adolescência, quando descobri um desejo enorme por mulheres trans. Assistia diversos vídeos e o tesão que eu sentia era algo inexplicável. Certa vez, quando tinha meus 18 anos, estava em casa, era primeiro de janeiro e eu com uma leve ressaca do réveillon. Geralmente quando bebo e fico de ressaca, sinto um tesão enorme (n sei pq kkk). Antes disso, sempre tive curiosidade e procurava

 

 

por GP trans aqui perto, até que nesse dia entrei em contato com uma. Como eu era iniciante, falei pra ela que eu queria apenas chupar e perguntei quanto era. Confesso que estava muito nervoso e com medo de como ia ser, o local q iríamos nos encontrar, etc… Ela mandou umas fotos pra mim (vou postar as fotos reais aqui) e começou a me provocar, até q mandou o seguinte áudio: “nossa, será que eu vou ter desperdiçar todo esse meu leitinho sozinha?” Depois disso eu não aguentei. Como era relativamente perto, fui andando mesmo. Ela morava num

 

local discreto e falou que ia deixar a porta encostada só pra eu chegar e entrar. Antes de ir eu havia pedido pra que ela colocasse um vestido, porém, qnd cheguei lá, ela estava só de toalha e já ia ser vestir. A casa dela era um pouco escura e parecia que tinha se mudado recentemente. Quando eu vi ela de toalha, lembro que passei a mão na bunda dela e ela logo virou e me colocou pra chupar ela. Era minha primeira vez chupando e, nossa, que tesão !!!! Continue mamando ela e depois ela pediu pra chupar meu cuzinho. Não resisti: fiquei de quatro e ela

 

começou e me chupar. Metia a língua no meu cuzinho e eu ficava louco. Até que ela quis me comer, mas eu não deixei. Tinha medo, até pq era a minha primeira vez e o pau dela era enooorme. Continuei chupando bem gostoso, até que eu pedi pra ela gozar pra mim e ela deu uma gozada bem farta na minha cara. Depois disso, deixei o dinheiro lá, me limpei e fui pra casa. Até hoje me arrependo de não ter dado pra ela kkk.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *