Arrombaram o meu cuzinho no banheiro

Bem, estou de volta, vou relatar agora o que se passou em setembro de 2017 na casa da minha travesti loira e caralhuda, para os que não se lembram esta travesti loira tem um dote de 22 cm. De comprimento por 4 cm de largura, uma pica linda de se ver branquinha, com a cabecinha rosa e muito bem depiladinha, ela é tão ativa que só me deixa chupa-la (para lubrificar, pois eu dou sem camisinha) e depois já me come. Bem o que vou relatar é um fato que ocorreu e que até hoje me inspira grandes punhetas, tudo começou quando fui chupar o pau da Madona e dar meu cu para ela, ao chegar em sua residência ela já estava de saia, sem calcinha e de pau duro (como sempre) eu fui entrando em sua casa e

já pegando em seu delicioso pau e esfregando minha bunda nele, porém antes de entrar em seu quarto eu pedi para usar o banheiro e o que encontrei lá foi algo digno de várias punhetas seguidas, havia uma outra travesti tomando banho e de pinto duro, porém menor que a da Madona mas mais grosso, devia ter 21 cm de comprimento por 8 cm de largura e estava quase gozando, ao me deparar com aquele pinto lindo ela o ofereceu a mim para chupa-la até ela gozar na minha boca, antes de gozar ela me alertou para a enorme quantidade que iria expelir, pois fazia 5 dias que ela não gozava, peguei sua pica e comecei a chupar com muita força até que minha boca se encheu de porra, não saciada ela pediu para me comer, como eu só havia dado meu cu para a Madona e uma amiga sua a Aline, não pensei duas vezes e topei já ficando de quatro, e sentindo os biquinhos dos seios enormes daquela loira gostosa em minhas costas, ela forçava sua rola em meu cu tentando invadi-lo e somente quando eu comecei a rebolar é que ela conseguiu enfiar sua pica até o talo me fazendo sentir muita dor , a dor que eu estava sentindo era pequena perto da que vim a sentir quando eu sentei em seu colo de frente para ela, a dor foi se transformando em prazer e eu comecei a sentir sua porra dentro de mim, após ela gozar de novo ficou ainda uns vinte minutos me comendo e só parando quando gozou outra vez dentro do meu cu, sai do banheiro e fui embora pois estava todo ardido e não conseguiria dar mais o cu naquele dia nem para a Madona, caso queiram me comer mandem mensagens que eu farei questão de responder a todos os travestis de Campinas, dinheiro não é problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *