Minha putaria com cdzinha fogosa

Ola novamente, depois de muito tempo, resolvi relatar algumas de minhas aventuras…com travestis e com meninas cdzinhas, que hoje tem demais. Sou adepto a algum tempo de imensos consolos, bem grossos, que com muito treino aguento no rabo sem reclamar. postei no sexlog minha descriçao, inclusive com algumas fotos com os pauzoes no rabo, bem arreganhado, e tive diversas propostas.

Uma delas me chamou atençao, uma “menina” de uma cidade perto daqui, que poderia marcar um encontro sem que eu ficasse exposto. Marquei este encontro, falamos por celular, pois hoje é facil ter um chip anonimo. Depois de muitas promessas de muita putaria, com consolos no rabo de nós dois, marcamos. Fui até a cidade, que é perto, fomos a um shopping para terminar de conversar, e gostei dele, e ele de mim. Ele tem horários restritos, é casado, mas num quarto se solta e vira uma franga, poe camisolinha, calcinha.. como vou contar a seguir. Marcamos de ir com meu carro, deixei o dele no estacionamento do shopping, e fomos para um motel perto. Ele foi alisando meu pau, e se soltando. E eu falei que iriamos brincar muito, como brincava com meu primo de troca troca na infância, mas que sempre ele me comia mais do que eu…adorava seu pinto no meu rabo. assim fomos ao motel, ele foi se aprontar, eu tirei minha roupa, abri a sacola com meus pintoes, pus em cima da cama, e esperei. Ele saiu do banheiro vestida de camisolinha roxa, uma calcinha minúscula, saltos altos e rebolando um bundão que muita menina sonha ter. Ele era depiladinho, uma putinha assanhada. Deu gritinhos de alegria pela minha coleçaõ, ficou de quatro e pediu que vestisse uma camisinha num menor para começar a enfiar nele. Nem demorou muito, eu já enfiava um médio no seu rabão, que aguentou até o talo sem dificuldade. Este já tinha perdido o cabaço a muito tempo. Entrei por baixo e fiquei chupando seu pau, tamanho médio, como uma boa cdzinha, engolindo tudo com alingua pra fora para aproveitar o saco também. Nossa, aquilo era uma delicia, ele ficou louco, ou louca, e começou a chupar meu pau. Mas eu queria era levar uma daquelas rolas no rabo, como ele, e ficar os dois se chupando. Ele entendeu o recado, e enfiou uma enorme no meu rabo, ficando abismado da facilidade. Me disse, que larguinha a menina.. ficamos brincando assim até gozar. Neste meio tempo, fizemos muita sacanagem, desfile de moda no quarto com consolos no rabo, rebolando muito e querendo as duas serem comidas por terceiro, o que estamos planejando no próximo encontro. ele tem dois amigos, lekes, bem pauzudos, que vão nos comer até enjoar, e vamos ficar louquinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *