Putaria em uma casa de swing

Voltamos a procurar uma casa de swing , estávamos a fim de uma transa entre casais, vi que na internet tinha uma casa que podia entrar homens , mulheres , casais e também trans e cds, fui procurar referencias da casa e fiquei curioso, falei com minha esposa e ela também se interessou pelo assunto,cheguei a ir um dia da semana na casa ,mas estava fechada , consegui um contato telefônico e troquei umas ideias com os organizadores, eles falaram que ia ter um evento no fim de semana que ia rolar de tudo, falei com minha esposa e demos nosso contatos

para a lista de entrada,dessa vez fomos mais preparados, ela foi com seu vestido curto sem calcinha e sutiã, chegamos na casa e estava vazia, ficamos um pouco desanimados, mas o recepcionista falou que ainda era cedo e que ia chegar mais gente, não demorou muito e chegou o casal que estava organizando a festa,eles mostraram toda a casa e falaram que quando a maioria dos casais chegassem ia começar a festa,nesse meio tempo entrou uns caras

com bolsas e foram para um quarto isolado, quando sairam de lá , eles estavam vestidos com roupas femininas , nem dava para falar que eram homens, eles passearam pela casa um pouco, e depois conversaram com a gente, a minha esposa ficou maravilhada com eles,depois foi chegando mais gente, homens sozinhos , casais , e as travestis, todos falavam com a gente , o que deixava a gente mais confortável com o ambiente, a casa já estava ficando um pouco cheia quando chegou um casal contratado para fazer um show na casa, aquilo aqueceu o pessoal , que logo depois foi parar no quarto coletivo, levei minha esposa pra lá, vimos um monte de casal transando, pensei que ela ia que entrar naquela suruba , mas não , ela voltou pro bar e ficou olhando o movimento do pessoal, quando passou uma CD ela parou para conversar, mas a CD não topou porque queria arrumar um cara ativo só pra ela, passou um travesti e ela puxou conversa,fomos para uma mesa no corredor externo, a travesti falou que ia nessa casa para transar com casais e que não era profissional do sexo, ela trabalhava num salão de beleza próprio, fiquei interessado na conversa, ela me falou que tinha um quarto privativo que podia alugar, não pensei duas vezes, quando chegamos no quarto minha esposa correu para tomar banho, quando voltou já estava pelada, fui tomar banho e quando voltei ela já estava chupando a travesti , que tinha um pau enorme, troquei de lugar com ela que foi tomar banho, quando chegou no quarto viu minha esposa de quatro na cama , colocou a camisinha e meteu com tudo, não aguentei ver minha esposa gemendo daquele jeito e acabei gozando na boca dela, a travesti continuou metendo até gozar,descansamos um pouco e a travesti perguntou se tinhamos algum fetiche com ela, conversei com minha esposa e falei para comer o cú dela, ela se posicionou de quatro e deixou a rola entrar, fiquei pensando em meter a rola no cu da travesti, mas fiquei com receio , por não ter combinado antes, fiquei deitado na cama e minha esposa me chupando , a travesti colocou ela de ladinho e continuou metendo no seu cuzinho, sentia que minha esposa estava gozando varias vezes,eu nessa hora só estava batendo punheta louco para gozar, falei que ia gozar e a travesti tirou o pau do cu da minha esposa , tirou a camisinha e deu para ela mamar também , gozamos juntos na boquinha dela,ela ficou mamando por um bom tempo, curtimos mais um pouco só eu e ela , fomos pra casa e demos uma trepada pra entrar na historia, gostamos dessa casa , foi melhor que a primeira, penso em bater cartão lá e explorar tudo que ela tem a oferecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *