Desisti de ser hétero por uma travesti

Já fazia muito tempo que eu estava me relacionando com travestis , não posso negar que foram os melhores momentos de minha vida , foi uma experiência única , nova e muito prazerosa , o que senti com elas posso afirmar e dizer sem nenhum constrangimento que não senti por mulher alguma , foi algo mágico , algo que não conseguia sentir com mulheres , enfim uma vida de conhecimentos e prazeres , até que um belo dia decidi mudar , pois havia conhecido uma mulher que tinha me despertado um imenso interesse , já estávamos conversando a um bom tempo , até que decidi a me desligar da atual situação e viver outra oposta , enfim voltar a ser hétero novamente.

Já havia conversado sobre isso com uma travesti linda e maravilhosa a qual eu tenho um imenso carinho , respeito e admiração , a qual me fez refletir e me ensinou muitas coisas e foi graças a ela que abri a mente para essas novas experiências , uma trans da minha extrema confiança e por isso decidi que ela seria a primeira a saber dentre as outras que também tinha uma certa admiração e contato.

Quando conversei com ela sobre essa mudança repentina diferente do que eu imaginava ela me surpreendeu e me deu total apoio , mas é claro perguntou o motivo dessa mudança , se havia acontecido algo estranho , se alguma travesti havia feito alguma coisa , se foi alguma decepção , enfim que eu poderia desabafar com ela e se fosse algo que pudesse ajudar teria um imenso prazer em fazer isso , fiquei feliz e muito confortável a sua presença por saber que iria me apoiar.

Conversa vai conversa vem acabei desabafando com ela , dizendo que apenas estava gostando de uma mulher , que aconteceu do nada , que havia conhecido ela e acabamos nos tornando amigo e a amizade foi se aprofundando e eu decidi me relacionar com ela , que havia despertando um interesse nela , enfim que ainda não havia transado mas estava sim com desejos e isso me deixou pensativo pois eu não sentia desejos por mulheres a um bom tempo , desde que comecei a me envolver com travestis.

Conversamos por um bom tempo , ela me apoiou e disse que apenas iria sentir minha falta , mas que não gostaria que eu me distanciasse dela por isso , mas eu a confortei logo de cara dizendo que uma coisa não tinha nada haver com a outra , ela e outras continuariam a ser minhas clientes , sempre existiu um respeito entre a gente , eu gostava de atender elas por isso , nunca nenhuma delas me tratou de forma desonesta e muito menos insistia para trocar serviços em programas , isso só acontecia quando eu mesmo me interessava.

Enfim foi uma conversa gostosa , nos despedimos e fiz o mesmo com as mais chegadas , com outras eu apenas enviei uma mensagem , mas todas foram legais , algumas até brincaram dizendo que sentiriam saudades do meu rabinho apetitoso e da minha boquinha macia que sabia fazer um oral mágico , cada uma brincava de uma forma diferente , que sentiria saudades dos beijos , que eu não iria aguentar ficar muito tempo sem a minha mamadeira , enfim que

logo mudaria de ideia , mas no final todas pareciam ter combinado em uma única frase , só não vá nos abandonar , você além de um bom profissional você se tornou amigo , cliente e uma pessoa , coisa rara nos tempos de hoje , mas quanto a isso nada iria mudar , só estava voltando as minhas raízes e decidido a me relacionar novamente com mulheres e nada mais , fiz isso porque voltei a sentir desejos por elas novamente.

Três dias depois uma delas a Jhenifer com quem eu tinha um contato profissional de meses por sempre fazer serviços em seu salão me manda uma mensagem solicitando um trabalho na casa que sua mãe tinha no litoral , perguntou se eu não podia fazer um serviço para ela , instalar uns ventiladores , trocar a fiação velha , enfim deixar tudo em ordem para quando fossem passar uns dias na praia já estarem tudo organizado , que sua mãe havia pedido para ela entrar em contato comigo para fazer esse serviço , enfim como seria um trabalho que iria me render uma grana boa acabei aceitando de imediato.

Tudo pronto e combinado aproveitei e acabei descendo com ela e mais duas amigas , todas trans mas foram apenas para passear mesmo , deixei minha bolsa de ferramentas pronta e seguimos viagem , chegando lá fomos na loja de material elétrico para comprar fios , tomadas , enfim materiais para dar início ao serviço , como não tinha ninguém para ir comigo acabei indo sozinho mesmo , chegamos numa quinta feira pela manhã por volta das 10h , ela e suas amigas iriam retornar no mesmo dia pois haviam ido apenas para me deixar lá e voltaria me buscar

quando o serviço estivesse pronto , mas eu acabei perguntando se elas tinham algum compromisso , se não poderiam ficar pelo menos um dia para me ajudar com alguma coisa , ou caso contrário eu teria que ligar para algum amigo para me ajudar pois seria um serviço complicado para fazer sozinho , teria que ter alguém para ajudar puxar um fio , sempre tem alguma coisa e fazer sozinho iria demorar bem mais tempo.

Jhenifer e uma de suas amigas toparam na hora disseram que ficaria sim pois não tinham nada de emergência para fazer e até gostaram da ideia de ficar e curtir um pouco a praia e descansar , a outra disse que teria que voltar mas depois acabou mudando de ideia e resolveu ficar também.
Na quinta apenas fiz o cálculo do matéria , fomos a loja comprar tudo e passei o orçamento , depois ficamos apenas conversando e nada mais , foi até bom para mim pois estava precisando sair da rotina e fazer algo diferente , mas em momento algum passou em minha cabeça me envolver com alguma delas , apesar de serem lindas e provocantes , eu já estava decidido a voltar a ser hétero , enfim conversamos bastante , nos divertimos com nossas conversas , elas riram por eu dizer que tinha voltado a ser hétero novamente , nada de contato físico entre a gente , como era uma casa grande cada um foi para um quarto e lá ficou , acordei pela manhã e estava um dia lindo , um clima gostoso , agradável , estava quente mas não aquele calor insuportável , fizeram café , tomei e já comecei a iniciar os trabalhos , a ajuda delas foi fundamental , sempre precisava de alguém para segurar e puxar os fios , trabalhei o dia todo , troquei os fios que estavam bem velhos e fiz a parte mais chata que era ficar no forro passando fios , depois foi só ligar as tomadas e chaves de luz , mas isso foi coisa rápida , com a ajuda delas terminei o serviço no sábado mesmo , poderia até voltar mas como estava gostoso Jhenifer perguntou se eu não poderia ficar e voltaríamos no domingo , como eu não tinha nada de emergência acabei ficando e curtindo um pouco , pois já tinha terminado tudo , então saímos , fomos ao mercado para comprar comida e preparar uma janta gostosa para comer , enfim foi um sábado bastante animado , tomamos um vinho gostoso , fizemos uma caipirinha , tinha cerveja , enfim como não tinha mais nada a fazer resolvemos conversar e aproveitar o dia .
Carla e Márcia amigas de Jhenifer eram muito simpáticas , eu já as conhecia , tinha visto ambas no salão da jhenifer mas era apenas de vista , só um oi mesmo e nada mais , foi aí que depois de muitas conversas e bebidas que começaram a se soltar , assuntos picantes de sacanagem , antes eram apenas coisa de trabalho mas no fim elas começaram a falar coisas de putaria , sobre algumas aventuras , então Márcia me perguntou se eu realmente tinha deixado de me envolver com trans ou era só história mesmo , mas eu decidido respondi que tinha , mas Márcia a mais safadinha delas começou me provocar dizendo que tinha me achado bonito , que tinha uma boca linda e adoraria muito me dar um beijo , me tentava de todos os lados , as outras riam dizendo deixa o Sidi em paz sua danada , não vê que agora ele virou homem e davam risadas , mas uma conversa gostosa , enfim ela me provocava tentando fazer eu mudar de ideia , depois me pediu apenas um beijinho e nada mais , mas eu recusei dizendo que já tinha terminado meu tempo rssss , enfim ela acabou entendendo e foi tomar um banho.
Já era umas 10 da noite , eu fui o último a tomar banho , estava no quarto apenas de bermuda sem camiseta , Jhenifer e Carla estavam na sala assistindo tv e tomando cerveja , Márcia estava na cozinha , mas de repente sinto uma mão me abraçando por trás , quando percebo era a Márcia , começou acariciar meu peito e se esfregar em mim , eu podia sentir seu pau duro na minha bunda , nossa fiquei com tesão na hora mas tentei disfarçar , disse para ela parar de fazer aquilo , mas claro de forma bastante educada , mas nada adiantava , então ela disse eu só quero um beijo meu gato , você é lindo , por favor só um , ninguém vai ver nada , para com isso vai Sidi , o que isso vai mudar na sua vida , depois você volta de boa e segue sua vida , só te peço isso e nada mais.
Encurralado e meio sem saída acabei cedendo pois ela era muito linda e bem gostosinha , me virei de frente pra ela e disse ok , mas só um beijinho e pronto , agora sou hétero e dei risada , mas eu deveria imaginar que não ficaria só nisso , ela estava de camiseta e shorts bem curtinho , uma verdadeira ninfetinha , enfim me aguçou a vontade e acabei cedendo a ela um beijo , me virei e ela já veio direto , senti seus peitos sobre o meu e sem que eu dissesse uma palavra ela já me agarrou e começou a me beijar , impossível não se derreter todo com aquele beijo , uma língua gostosa , macia , bem úmida e quente , ela fazia movimentos alucinantes me fazendo delirar , na hora eu só queria curtir o beijo nada mais , a essas alturas eu estava de pau duro mas procurei me conter , mas de repente ela leva as mãos no meu pau e percebe que eu já estava excitado , a safada começa a massagear ele por cima da bermuda e vai falando safadezas , seu danadinho , já está com tesão né , e começa a passar as mãos na minha bunda , eu tento resistir ao máximo , mas ela continua me beijando e em seguida fala , eu to morrendo de vontade de comer esse rabinho , ela coloca a boca no meu ouvido e fala , quero te penetrar bem gostoso seu safadinho , nossa estava praticamente impossível resistir , até que ela leva as mãos por baixo na minha bermuda e começa a enfiar o dedinho no meu cuzinho e diz com sua voz macia em meu ouvido , quero te comer agora amor , nossa me arrepiei todo e não consegui reagir mais , acabei me entregando.
Jhenifer e Carla continuavam na sala conversando e a gente no meu quarto , ela fecha a porta e tira a roupa , em seguida eu tiro a bermuda , ela deita na cama com aquele cacete duro e eu esqueço tudo e não resistindo mais caio de língua , começo a lamber suas bolas e logo já caio de boca , começo a chupar gostoso , ali me delicio todo , começo a lembrar dos boquetes anteriores e faço aquilo que mais amo fazer que é chupar , ela me olhando com cara de safada dizendo , nossa a Jhenifer tinha razão quando disse que você chupa gostoso , seu oral é realmente divino , é algo mágico , você não só sabe chupar como se percebe que gosta muito , e de fato ela tinha razão , eu amava chupar rola , desde que comecei a chupar eu fui me aprimorando a cada dia , inclusive disse pra ela , eu já chupei várias bucetas em minha vida , mas chupar uma rola é muito melhor , o prazer é outro.
Enfim eu estava me deliciando com seu pau em minha boca , de repente ela me diz , quero ele dentro de você amor , nem precisou falar novamente eu me viro e me coloco D4 , ela passa a língua no meu cuzinho me deixando com mais tesão ainda , depois segura minha cintura e começa a socar gostoso , eu vou ao delírio com tudo isso , fecho os olhos e fico curtindo seu pau dentro de mim , e que pegada gostosa ela tinha , sabia mesmo cuidar de um cuzinho e o meu estava muito apetitoso , engolia seu pau com vontade , nisso ouço a porta se abrindo , era Jhenifer e Carla entrando no quarto , aí a festa foi uma só , ambas disseram um monte , mas é um safado filha da puta mesmo , veio com essa conversinha de voltar a ser hétero e agora se divertindo sozinho com a Márcia , agora você vai ver , vai ter que liberar pra gente também.
Enquanto eu estava D4 sendo comido pela Márcia a Jhenifer já coloca seu pau na minha boca e manda eu mamar gostoso , Carla começa a se masturbar e encosta o pau na minha cara também , ambas do meu lado e eu começo a chupar as duas , até que Márcia goza gostoso no meu cuzinho , nisso a Carla resolve entrar em ação e me pegar gostoso por trás , e assim acontece com todas , me divirto um monte me tornando putinha delas , me comem gostoso até ficarem exaustas , depois vamos todos para o quarto dos pais da Jhenifer onde tinha uma cama de casal bem espaçosa e lá dormimos os quatro.
Foi uma noite maravilhosa , eu ficava beijando elas sem parar , ficávamos fazendo um rodízio de bocas , uma mais deliciosa que a outra e como beijavam bem as danadas , até que acabamos todos dormindo , mas logo ao amanhecer eu já parti para luta , estava deitado coladinho com Jhenifer além de uma cliente fiel era uma amiga maravilhosa , logo ela já me dá um delicioso beijo e começamos a nos rolar ali mesmo , as outras partem para a diversão , mas diferente dos outros dias eu resolvo ser ativo , peço para Jhenifer ficar de ladinho e começo a comer seu cuzinho gostoso , fico nela até gozar , em seguida Márcia me pega gostoso de franco assado e assim segue o rodízio , até que me animo novamente e pego a Carla , enfim todos se divertem juntos , fazemos uma suruba deliciosa onde ninguém é de ninguém , todos se chupam e todos se penetram , ninguém ficava de fora da brincadeira , quando o pau não aguentava mais os dedos e as línguas entravam em ação.
E assim foi onde eu me entreguei de corpo e alma , sinceramente estava decidido a voltar a ser hétero ,mas não imaginava ser surpreendido da forma que fui , conversamos bastante e curtimos o domingão fazendo uma deliciosa suruba , durante o retorno para casa Jhenifer dirigindo na frente com a Carla , Márcia ficou atrás comigo e fomos conversando , aí ela disse agora você já pode voltar a ser hétero meu amor , vou sentir saudades desse nosso momento gostoso mas pelo menos eu curti você do jeito que eu queria , foi aí que elas ficaram surpresas com minha resposta.
Então meninas , não posso mentir para vocês , eu realmente estava decidido a ser hétero e havia prometido que não mais iria me envolver com trans novamente e ia assumir um relacionamento com essa mulher , mas infelizmente o destino falou mais alto , eu amei transar com vocês e descobri que agora eu nasci para essa vida , esse é meu novo mundo e minha nova vida , mas isso não é tudo , confesso que ontem quando a Márcia começou a me beijar eu de verdade senti algo muito forte , acho que estou me apaixonando por você sua safada , o que você foi fazer comigo hein mocinha , eu estava de boa e agora você vem e me faz isso , como é que vou ficar agora me responde , foi aí que Márcia me pega e me lasca um beijão de língua daqueles de tirar o fôlego , ao terminar me diz , meu amor , sou eu quem fica feliz da vida agora , você não imagina o quanto eu estou amando ouvir você falando isso , na verdade desde o primeiro dia que eu te vi eu já gostei de você e agora quando tive essa oportunidade de estar aqui com você eu não pude perder essa chance , eu confesso que me apaixonei de verdade , quero muito ficar com você amor , vamos , você aceita.
Nossa meu coração acelerou e começamos a nos beijar de forma alucinante , parecíamos um casal super apaixonados , enfim Jhenifer e Carla felizes dizendo , vocês se merecem , estamos torcendo por vocês , e assim fui curtindo essa linda , a cada palavra era um beijo , um mais gostoso que o outro , chegando em casa tiro a mala de ferramenta do carro , me despeço da Jhenifer e da Carla e olho para Márcia e digo , oi minha linda fica comigo hoje , já estou com vontade de você , vamos ficar juntos , quero fazer amor com você novamente , vamos aproveitar o final desse domingo.
E assim aconteceu , Márcia passa o domingo comigo e acaba posando em minha casa , conversamos bastante e acabo assumindo um namoro com ela , mas ela vai além dizendo que quer muito morar comigo , em seguida Sabrina a mulher que eu havia conhecido me liga toda preocupada dizendo , nossa amor você sumiu , não mandou notícias , o que aconteceu , fiquei preocupada, eu pedi desculpas e disse que aconteceu algo de emergência , que uma tia estava precisando de ajuda e acabei tendo que viajar as pressas e por ser um lugar de difícil acesso a internet perdi comunicação , mas que segunda a noite eu iria em sua casa , mas o que ela não esperava que não seria para fixar a nossa relação e sim para terminar o que nem foi concretizado , o pior de tudo que eu estava me sentindo mal com essa situação , apesar de não estar mais sentindo nada por ela e estar completamente apaixonado por Márcia eu não queria dar essa resposta a ela por ser uma pessoa legal , mas o que fazer se meu cuzinho e minha boca haviam se apaixonado pelo cacete da Márcia , enfim eu não posso negar que hoje eu aceito e admito que um pau vale mil e muitas vezes mais que centenas ou até milhares de bucetas , não importa o que os outros venham a pensar de mim , eu me apaixonei por uma trans e quero e vou ficar com ela , acho que também mereço ser feliz , o que posso fazer se prefiro um pau ao invés de buceta .
Então é isso meus amigos , não me arrependo de minha escolha e estou super feliz dela , vou aproveitar esse momento gostoso ao lado do meu novo amor , a conversa com Sabrina a mulher com quem eu havia despertado um interesse foi meio conturbada e tensa , ela acabou ficando triste e chorou no final , eu até pensei em mentir e inventar uma desculpa , mas consegui ser forte e tive coragem de agir como homem de verdade e abri o jogo pra ela , disse que havia tido relacionamentos com trans depois de meu último relacionamento com mulheres , que estava mesmo querendo mudar , mas acabei me envolvendo com uma trans e me apaixonei por ela , é claro que mulher nenhuma aceita isso perder um homem para uma trans não é nada fácil , mas segue a vida , mas ela terminou dizendo , se é da sua vontade então seja feliz , gosto de você mas tenho que entender que amor não pode ser exigido e sim conquistado , é difícil aceitar mas apesar de tudo admiro sua lealdade e coragem , pois não é qualquer homem que tem coragem de admitir isso , mas enfim seja feliz , vou tentar te esquecer e seguir minha vida , só vamos nos afastar até que eu me acostume sem você .
Assim o fiz e segui minha vida , assumi meu namoro com a Márcia e fiquei orgulhoso da minha atitude , se eu mentisse inventando uma desculpa já estaria iniciando uma relação com uma trans de forma preconceituosa , estaria com vergonha dela e isso eu não queria , é claro que para muitos foi uma surpresa pois nunca imaginariam que um dia eu os surpreenderiam com essa notícia , mas enfim o mais importante é pensar em si mesmo e lutar e buscar sua felicidade , estou a uma semana com ela e estou amando , viver imaginando e se policiando pensando e achando o que os outros vão dizer sobre você é pura idiotice , cada um vive sua vida do jeito que bem entender , e como diz minha irmã , filha da puta nenhum paga minhas contas , então que se foda , estou dando o que é meu .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.