Inversão de papéis e ménage com a travesti

Olá tudo bem? Meu nome é Rafael, tenho 32 anos, minha mulher tem 25 e hoje vou contar como foi o dia em que transamos, eu minha mulher e um travesti.

Há alguns anos fazemos inversão de papéis, prática qual adoramos, foi minha mulher quem despertou esse desejo em mim de dar o cú pra ela.. hj é essencial pra o nosso casamento! Dessa vez resolvemos dar um passo mais adiante, que foi envolver uma terceira pessoa na relação, onde a ideia inicial era pra mais uma rola pra se divertir, ou seja dupla penetração entre outras coisas do sexo a três.. então passamos semanas procurando alguém (uma trans) que atendesse às expectativas, em meio a nossa conversa ela despertou uma curiosidade, e me perguntou:

amor, e a trans quiser comer seu cú TB? Na hora eu fiquei sem saber o que responder, e meio sem graça perguntei o que ela achava? Ela ficou um pouco intrigada com a idéia e nesse dia paramos de falar no assunto.. logo mais voltamos a falar do assunto até que também achamos a trans que atendia as expectativas, fizemos contato, acertamos TD e voltamos a falar sobre a trans TB me comer, amadurecemos a idéia e acertamos de deixar as coisas acontecerem, e o que rolar rolou.. fomos ao encontro da trans, ela ainda muito nervosa, pois era a primeira vez dela a três.. eu TB estava um pouco apreensivo pois era a primeira vez com uma trans..

 

Chegamos ao local da travesti, lugar discreto bem aconchegante, Conversamos um pouco, a travesti muito educada, foi quebrando o gelo e quando dei conta minha mulher já estava chupando o pau da travesti, logo que vi fiquei um pouco sem jeito, pois a minha mulher estava chupando outra rola de verdade, a trans começou a acariciar minha rola que logo fui relaxando TB, e me entreguei ao momento, apartir daí tudo foi acontecendo de forma natural, eu já não estava achando mais nada estranho, tudo era prazeroso.. minha mulher chupando o pau da travesti, eu chupando o peito da minha mulher, meu pau já estava pulsando de tesão, minha mulher deitou na cama, e continuou chupando o pau da travesti, e eu comecei a chupar buceta encharcada, em seguida a trans tirou o pau da boca de minha mulher, e eu fui pra cima fuder aquela buceta deliciosa, enquanto eu metia com vontade naquela buceta, a trans começou a

brincar com meu cú, acariciando com o dedo, deu uma lambida e logo começou a enfiar um dedo, enquanto fazia o movimento de vai e vem na buceta de minha mulher o dedo da trans entrava e saia do meu cú, mesmo sendo só um dedo estava ficando mais louco de tesão, ela colocou lubrificante e passou a enfiar dois dedos, eu estava em extasy, a trans então me pediu licença e começou a fuder a buceta da minha mulher, a safada não tinha um pau grande, mais sabia fuder, minha mulher estava gemendo na rola daquela travesti, depois de alguns minutos, a travesti perguntou a minha mulher: posso comer o cú dele, após ouvir sim, ela então me pediu pra ficar de quatro, e foi enfiando devagar no meu cú, fiquei enlouquecido, cheio de tesão, não pela trans está comendo meu cú, mas sim por estar dando na frente da minha esposa, a

sensação foi maravilhosa, a cada metida da trans eu soltava um gemido, pedi pra minha mulher deitar, e deitei por cima dela, e trans veio por trás de mim e voltou a meter no cú.. eu estava gostando demais, quando nessa mesma posição, coloquei meu pau na buceta da minha esposa, e comecei a beija-la.. ou seja fudendo a buceta da minha mulher, beijando aquela boca gostosa e levando no cú ao mesmo tempo.. estava maravilhado com o a sensação, quanto mais forte eu metia na buceta de minha esposa, mais gostoso eu sentia entrar no meu cú.. saímos dessa posição, e coloquei minha mulher de quatro, rocei a cabeça do meu pau no cú da safada e empurrei devagar, quando entrou tudo e ela relaxou comecei a dar estocadas mais fortes, passei alguns minutos minutos me deliciando no cú da minha mulher, e trans somente olhando e batendo punheta, fiz sinal pra ela vim pegar meu posto e comer o cú da minha safada, pois eu havia preparado uma surpresa e precisava estar livre pra fazer a surpresa.. a trans entendeu e logo perguntou: posso comer um pouco o cú dela? Respondi que sim, e dei o lugar.. fui na bolsa que levamos e peguei um par de alianças que havia comprado pra pedir minha mulher

em casamento em uma ocasião especial, e entendi que o momento era aquele, então me aproximei e enquanto a travesti mandava ver no cú da minha esposa safada eu perguntei: amor, vc aceita casar comigo, e fazer varias putarias como essa pra o resto das nossas vidas? Ela gemendo respondeu que sim, então coloquei a aliança no dedo dela, ela colocou no meu e assim nos beijamos e selamos um noivado regado de putaria ali mesmo.. (pois apesar da convivência a 13 anos, ainda não somos casados no papel).. em seguida ela se levantou e eu fiquei de quatro pra trans voltar comer o meu cú, minha esposa deitou e passei chupar aquela buceta enquanto dava o cú pra travesti, prestes a gozar a travesti parou e minha mulher colocou sua cinta, e veio fazer comigo o que faz com muito tesão, que é me fuder com vontade, lubrificou o pau dela de borracha preso na cinta com 21 centímetros, e me fudeu deliciosamente.. vendo aquela cena a travesti deitou na minha frente onde eu estava de quatro, de pernas abertas de frente pra mim, entendi que era um convite pra chupar seu pau e seu cú… Então foi o que fiz, comecei a chupar a trans enquanto minha esposa me fodia com vontade, como se fosse me castigando por ter dado meu cú a trans, e aquilo tudo estava gostoso demais, não resisti e gozei, quase sem tocar no meu pau, a trans se levantou e pediu licença a minha mulher e voltou a meter no meu cú, e logo em seguida tirou a camisinha e gozou nas minhas costas, mais estranho sentir o gozo quente nas costas, mais no momento nem liguei, curtir tudo, fiquei muito satisfeito, leve, feliz… Repetiria tudo denovo naquele momento.. pena que era hora de ir embora! Fomos embora e chegando em casa, eu minha mulher ainda tivemos uma noite de sexo maravilhosa, transamos de um jeito único, adorei aquele dia 26/02/2020.. vai ficar marcado pra sempre, pelo sexo com a tres com a travesti e pelo sexo a noite com minha mulher! Que a cada dia me deixa mais mais apaixonado e mais viciado nesse nesse sexo que ela despertou em mim… Eu amo demais minha esposa e amo muito dar meu cú pra ela!! Sou um cara de sorte por ter a mulher a que tenho!! Estamos nos preparando para novas experiências e logo que acontecer contarei aqui!! Abraços do Casal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *