Uma travesti é gostoso, duas é uma delícia

Olá pessoal que adora uma putaria gostosa, estou relatando aqui meu relacionamento liberal com minha esposa, quem leram meus contos anteriores vão entender como tudo começou, vou direto ao assunto,,,

Bom, aquela noite que minha esposa estava socando a cinta caralho no meu rabo com um cara assistindo tudo ao vivo pelo Skype, eu deixei bem claro pra ela que adorei ser enrabado com outra pessoa olhando.

Ela- Eu sei viado, do jeito que vc gemeu e rebolava na minha vara e mordia nos lábios olhando aquele cacetão, tá na cara que vc adorou né viadinho ? Eu também adorei fude seu cú olhando aquela rola jorrando porra pra todo lado.

Eu- Já que vc nunca quis participar das minhas aventuras, da próxima vez vou sair com duas travestis, assim eu mato a minha vontade rsrs.

Ela- eu já imaginava que vc ia fazer isso, uma travesti agora vai ser pouco pra vc né baitola ?

Bom, liguei pra Raíssa, minha travesti favorita, por ter sido minha primeira e por ter um cacetão de 23cm, pedi pra ela um programa na sexta-feira e que dessa vez eu queria uma amiga que fosse linda e pauzuda igual a ela, na sexta-feira ela me liga a tarde e diz que estava tudo combinado com a amiga dela, a noite pego as duas no lugar combinado e vamos pro motel, lá no quarto tiro minha roupa e fico só de tanguinha atolada no rabo, a colega ficou surpresa e excitada.

Trans- Nossa que delícia, assim que eu gosto de fude um casado safado, vc vai ser nossa mulherzinha, nossa puta vadia.

Eu- Tô aqui pra isso delícia, me fode gostoso.

A Raíssa me põe de quatro e passa a língua no meu cú do jeito que ela sabe que eu gosto, a colega deita na minha frente com o pau pra cima, chupo a rola dela com vontade sem frescura, mamava e gemia gostoso com a língua no rabo e a rola na boca.

Raíssa- Vem amiga vê como minha vara entra nesse cú guloso desse viado sem vergonha.

Eu- Isso, olha meu cú sendo enrabado, com vc olhando vai ser mais gostoso.

A Raíssa colocou a camisinha posicionou na portinha e foi empurrando devagar tudo pra dentro do meu cú largo e acostumado com aquele cacetão delicioso, começa às bombadas forte, o entre e sai que eu adoro deixando meu cú cada vez mais largo, A Raíssa tira o pau e a camisinha e da pra mim chupa a colega coloca a camisinha e soca a vara no meu cú sem dó, pega com as duas mãos na minha cintura e puxa pra trás pra rola entra até o talo, eu virava os olhos e gemia de tanto tesão.

Raíssa- Isso amiga, soca bem forte, regaça o cú dessa puta vadia, é assim que esse viado gosta de ser enrabado, mete rápido nesse cú largo.

Imaginem como eu estava me sentindo naquele momento, com uma rola na boca outra atolada no cu e com a Raíssa falando daquele jeito.

Eu- Isso colega, faz o que a Raíssa está falando, meti gostoso, deixa meu cú bem macio.

Trans- Adoro quando o viado pedi pra ser regaçado.

Depois sentei no colo dela e soltei o peso do meu corpo, a rola atolou até o talo, eu rebolava como uma prostituta vadia gemendo de tanto tesão, foram uns 15 minutos com uma vara atolada no cú e mamando a outra rola, nesse momento eu estava no paraíso, a travesti que estava me enrabando anunciou que ia gozar.

Raíssa- Tira o pau do cú desse baitola e vamos encher a boca desse viado de porra, ele adora engolir tudinho, né minha putinha sem vergonha ?

Deitei e fiquei olhando elas batendo punheta com as duas rolas relando na minha boca aberta só esperando o sabor de duas porra ao mesmo tempo, logo eu senti na minha língua aqueles caldo grosso e quente aos poucos eu ia engolindo toda a porra que saia daquelas duas rolas lindas, me alimentando de tesão com o sabor do prazer, fazendo um homem casado e viado muito feliz, realizando o meu desejo de ser uma puta vadia.

Raíssa- engoli tudo viadinho, mata a sua fome de porra, olha amiga como essa vadia mama gostoso,.

Depois de sugar a porra das duas rola, a Raíssa socou quatro dedos no meu cú e a amiga caiu de boca no meu pau, gozei em trinta segundos com o cú todo regaçado,, a amiga me deu um beijo fazendo eu engolir minha própria porra.

Foi uma noite inesquecível, uma experiência nova que me proporcionou muito prazer e tesão, chupa uma rola com outra atolada no meu cú foi um desejo realizado, uma sensação de liberdade que relaxa o corpo e a alma.

E assim foi mais uma noite feliz de um viado que sabe aproveitar o prazer que a vida nos proporciona sem culpa e nem preconceito.

[email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.