Com a amiga e a travesti

Mesmo quando era casado, sempre fui vidrado em ménages, porém sem minha última ex saber,pois ela não era de acordo c/ minhas vaontades. Digo vontades, pois tudo oque realizamos, deixa de ser fantasias pra tornar-se algo real. Eu e tânia, conhecemo-nos desde os 18 anos, ela tinha namorados e eu tinha minhas parceiras. Saíamos, trepáva-mos durante um longo tempo até que ela e eu sumimos do mapa por falta de contato. Hoje já separado pela

ssgunda vez, fui fazer compras num shopping aquí de S.P. Na praça de alimentação ela me viu e foi até minha mesa, já que eu estava sozinho. Conversamos muito sobre o tempo que não nos via-mos, uns 5 anos….Falamos sobre sexo e disse-a sobre tudo qoue eu tinha aprontado nesses últimos anos, que era frequentar casas de swing. Um sábado à tarde ela me telefonou me convidando pra sair-mos pra algum lugar (poderia ser aonde eu quizesse). Fomos ao Inner Club em moema. Ela ficou um pouco acanhada c/ o hambiente após às 01:00 da manhã, mas depois de beber alguma coisa, ela ficou mais relachada, mais light. Fomos p/ uma das salas que tinha troca de casais…Foi muito excitante, trocamos de parceiros c/ alguns casais, porém c/ muita segurança, é claro. Só que não acabou por aí. Fomos embora e tinhamos que passar pela Av. Indianópolis. Tinham algumas travestís na calçada qdo. ela sugeriu-me: Pq não experimentamos uma dessas?!?! Fiquei até meio sem jeito, mas topei. Ela escolheu uma loira muito bonita, perguntou o valor e fomos p/ um motel próximo. Eu queria saber como uma mulher faz algo c/ uma travestí ou vice-versa, pois geralmente travestís não gostam muito de mulheres. Entramos no quarto, pedimos mais alguma coisa para beber e conversarmos um pouco. Tânia disse que iria tomar um banho.Então propus à boneca que acompanhace-a. Fui observar, quando ví que tânia já dentro da banheira começava à beijar e acariciar a boneca. Foi incrível.A tânia já sem nada e a boneca apenas de calcinha, expondo um lindo par de seios. Ela chupava, beijava-a e a boneca paralisadinha deixando tudo rolar. Fomos os três p/ a cama, mas eu ficava ao lado apenas olhando…..Ela tirou a calcinha da Jéssica e começou à lamber-lhe todinha. Me deu um tesão enorme!! Ela chegou no cacete da boneca (ainda mole) e começou fazer-lhe uma chupeta. Aquilo ia crescendo na boca dela. Já não aguentando mais, chupei os seios da Jéssica e deixava a Tânia chupar o meu também. Quando o membro da Jéssica ficou em haste, Tânia colocou-lhe um preservativo e sentou em cima!! Tirei meu cacete da boca de Jéssica e coloquei na boca da Tânia…..Ela subia e descia me chupando também. Tânia me pediu que colocasse na sua bundinha..Foi incrível. Ela estava adorando a D.P. Fizemos de tudo…A Jéssica comia o rabinho da tânia também enquanto eu ricava por baixo e vice-versa. A parte melhor foi quando fizeram um 69.Enfiei meu cacete na boceta dela enquanto recebia uma bela chupada nos testículos também. Tânia já havia gozado umas quatro vezes, enquanto nós nada ainda. Pra finalizar, quando a Jéssica avisou que ia gozar, Tânia tirou-lhe o preservativo e chupava c/ vontade, até que recebeu uma boa porção de porra na boca. Resolví enrrabar a travestí enquanto ela continuava c/ aquele cacete meio amolecido na boca. Foi uma delícia….ela quis me comer mas não curto ser passivo, então antes de gozar, tirei meu preservativo e deixei que as duas ficassem me chupando até eu gozar. A boneca não quís saber muito não, mas a Tânia engoliu tudinho, mesmo escorrendo um pouco pelos lados da boca. Tomamos mais um banho, vestímo-nos e deixamos a Jéssica em Diadema. Às vezes lembramos disso e transamos entre nós, mas ela ficou satisfeitíssima em realiza oque ela me confidenciou sempre ter vontade. Agora Tânia casou-se pra valer e não é mais possível voltar-mos às farras de antigamente. Se algum casal interessante ou mulher que não curta o sexo “convencional “, quiser escrever-me, fiquem à vontade, pois oque seria da vida sexual quando a mulher somente abre as pernas, cada um goza e pronto?!?! Abraços a todos!! Se quiserem podemos trocar fotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *