Suruba deliciosa no Flat em São Paulo

Ola sou eu Lucas moreno 1,80 cabelos lisos corpo atlético e tenho 20 cm de dote, já tive diversas relações com travestis, umas boas outras ruins, que não relato pois acho que não acrescentam em nada, sei que algumas, travestis, são grossas e nem vale a experiência e melhor bater uma punheta, por isto vocês não verão eu contar sobre tais experiências, vamos a este novo conto, depois de anos de casados eu acabei me separando e por uns tempo tive que ir

para flat, e fui para Central Plaza Flat, o local não era luxo, mas o preço e o tamanho do local me deixou satisfeito, depois de 4 dias no Flat, voltando do trabalho entrei no elevador quando 2 travestis pediram para aguarda-las, quando as vi as cumprimentei e em pequena conversa me apresentei e perguntei os seus nomes e que também estavam hospedas ali? Uma era Ester morena de 1,77 e Catarina uma loira de 1,82, elas saltaram no 8º andar e eu estava no 9º, e perguntei em qual apartamento elas estavam elas estavam no 806, e eu falei que estava no 902, e nos despedíamos, e pensei comigo mesmo, brincadeira parece que elas me perseguem e fui ver um filme e depois fui dormir, no sonho acordei com um tesão pois sonhei com Catarina, infelizmente acabei acordando, era 03:50 e tentei dormir mas não consegui e fiquei a pensar, acordei no outro dia fui trabalhar pensando em Catarina e Ester, e falei comigo mesmo não vejo a hora de chegar no Apart e tentar falar com elas, o dia foi longo e quando cheguei as 19:00 usei o interfone, para falar e Ester me atendeu, eu falei que era o moreno de ontem que conhecermos no elevador e falei se poderíamos conversar e se eu ou vocês poderiam fazer uma visita, na hora ela falou que não, mas eu insisti e falei que ontem acordei de madrugada com um sonho bom com vocês e depois não consegui mais dormir, ela riu e falou que não acreditava, nisto ela convidou para 20:30 eu passar no Flat delas, quando tomei um banho me arrumei e fiquei bem apresentado para minhas novas amigas.
Quando deu a hora eu estava batendo a porta com 2 garrafas de vinhos, e elas estavam com vestidos e perfumadas, eu perguntei se elas tomavam vinho elas falaram que claro, falei se elas quisessem poderia trazer umas cervejas, o que elas falaram que tinham, nisto abrimos a garrafa de vinho e brindamos, elas me perguntaram porque e quanto tempo estaria ali, eu fiz um resumo que tinha me separado e estava a espera de um Apartamento meu que estaria para ser entregue pela construtora, e ficaria por uns 2 ou 3 meses, elas tinham um salão e que as vezes fazia um extra com um programa, elas me perguntaram se já tinha tido relação com travestis, e falei que algumas, e contei a minha 1º que acabei sendo estuprado por 6 travestis lindas e foi uma experiência que mudou minha vida, na hora elas ficaram surpresas, e felizes, Ester que era mais para frente falou, você gosta de pica ne gatinho, quer ser nossa putinha, falei que seria um prazer degusta-las e fazer uma suruba com elas, na hora ela levantou o vestido e ficando só de calcinha sentada no sofá, me chamou vem tirar a minha calcinha e engolir meu cacete, o que não pensei 2 vezes primeiro eu cai de boca naqueles peitos e mamei gostoso e neste momento passava a mão sobre sua calcinha e logo a tirei, e pude ver 21 cm, saltar dentro da minha boca, e comecei a chupa-la com prazer, nisto eu chamei Catarina a loira deliciosa que se despiu e sentou ao lado de Ester e tirou sua roupa e logo troquei de pau para saborear o de Catarina ele era imenso tinha 24 cm lisinho não tinha um pelo se quer, logo Ester chamou para a cama e fiquei de 4 para Ester me comer e eu continuei a sugar o cacete de Catarina, como estava bom ficamos neste ritmo por 30 minutos quando senti o ritmo de Ester aumentar e ela avisava que iria gozar só senti aumentar o calor no meu cu, logo Catarina se colocou atrás de mim para meter no meu cuzinho, ela tinha um pênis além de maior bem mais grosso, e quando colocou senti uma dor grande mas aguentei, pois sabia que o prazer a frente seria recompensado, neste momento pedi a Ester me chupar e log o pedi para meter no cuzinho dela e logo o trenzinho estava feito, depois de 15 minutos naquela bundinha de Ester, avisei que estava gozando, depois de mais 10 minutos de bombadas de Catarina senti ela aumentar o ritmo e pedi para gozar na minha boca, ela tirou a camisinha e mantive o ritmo e ela metendo na minha boca esporrou gostoso e chupei toda aquele leitinho depois fiquei passando língua sobre a cabeça e toda extensão do cacete de Catarina e Ester logo pediu que foi tão lindo e tesudo me ver que o Pau dela estava igual uma pedra, já foi colocando na minha boca, e continuei a engolir aquele cacete, ficamos mais um tempo quando Catarina abocanhou meu piru e logo eu queira sentir aquela bunda e logo fizemos outro trenzinho só invertendo a posição das 2 lindas travestis, ficamos mais 25 minutos quando avisei que gozaria, neste momento Catarina em forma de retribuição sugou toda a minha porra, e nisto Ester tirou o pau da minha bunda e meteu na minha boca falando que também queria ter seu leite sugado pela minha boca, o que fiz com todo o prazer, nisto desabamos cansados mais todos satisfeitos, depois de alguns minutos voltamos a conversar e elas adoraram e que nestes meses que eu estaria ali seria a putinha delas, o que concordei em repetir aquela delicia de transa, nesta hora era meia noite e despedi delas pois teria que dormir pois tinha um compromisso bem cedo, beijei elas segurando aqueles cacetes deliciosos, e peguei o numero de celulares das 2, fui para o meu flat, cai no sono, depois eu conto outras aventuras com Ester e Catarina, caso tenha uma travesti bonita com traços bem femininos, mas com aquela surpresa que elas tem a mais, podem me mandar um e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *