Putaria entre o novinho e a manicure travesti

Bom, so pra começar sou bem afeminado e sempre que posso me transfomo a noite usando batom bem vermelho salto alto, vestidinho unhas bem grande e sempre combinando com batom e uma maquiagem nao tao muito carregada e logico maxxy brincos se possivel ate no ombro baby, e cabelo sempre aplique longo e loiro pra arrasar sempre escondido claro da minha mae claro.

Entao numa sexta feira, precisava de umas unhas de gel e as minhas ja tinha acabado entao fui na manicure da minha tia que ficava em um outro bairro , assim que cheguei la encontrei com a Leila manicure mas ja de cara vi que era boneca travesti mas diferente de mim tinha seios fartos muito sarada e linda mesmo viu, perguntei a leila se ela tinha unhas de gel para vender que era pra minha mae e dae a leila me disse que sim que ia buscar la no fundo e me convidou pra ir la com ela, no corredor ela me perguntou pra quem era as unhas mesmo e eu disse errado minha tia kkkk, mas sua tia ja fez as unhas essa semana ora pra que ela queria essas unhas? Entao eu corrigi nao e era minha mae


E hehe, ela entao chegou perto de mim e disse que eu estava mentindo e que essas unha era pra mim me enfeitar de boneca escondido, logo disse que nao que eu nao gostava de me enfeitar mas a leila como ja conhece todo tipo de viado ja foi me dizendo que ja sabia que eu era boneca pq minha tia ja sabia e minha mae ja tinha me visto eu usando batom e alguns vestidos varias vezes, entao fui franco com a Leila e disse é pra mim sim.
A leila riu e me disse q voltasse no salao depois que iria fazer minhas unhas depois e sairia comigo pra festa, uau fiquei muito feliz e toda empolgada imagina eu com uma modelo dessa como amiga na festa?
Bom fui ao salao levei meus acessorios e a leila me fez o aplique unhas maquiagem tudo kkk estava me sentindo dae quando estava pronta chega uma outra travesti chamado kerol e pergunta pra leila que era essa novinha no salto e leila disse que ainda nao tava pronta mas que ja quase quase estaria eu dei um sorriso olhei pra kerol e fiz uma cara bem inocente dae a kerol me deu tres beijinhos e no meu ouvido disse que ia me pegar um dia de jeito.
Bom fui pra festa no shopping com uma galerinha gay e leila claro, fui muito chavecada mas leila nao deixava eu sair com ninguem sempre dizia que eu era novinha kk realmente era mesmo, mas quando chegamos n o salao da leila tinha que me livrar daquelas roupas maquiagem e depois ir embora nao muito tarde.
Leila teve q sair e disse que ja voltava e me deixou com kerol, assim que o portao bateu kerol ja me disse que queria tirar meu batom me beijando de lingua entao eu disse ok começamos a nos beijas e eu estava ja so de calcinha entao kerol me jogou na cama com suas maos corriam na minha bunda dizendo que eu ia ser dela mas que tiamos que que ir pra sua casa que era do lado , entao vesti um vestidinho e fui com ela ate sua casa, assim que. Cheguei la kerol disse que seu pau talves nao cabia no meu cuzinho mas que ia dixar eu chupar e depois se eu quizesse tentaria devagarzinho, eu disse ta bom deixa eu chupar vai, quando eu vi sua rola disse nao cabe mesmo só vou chupar e dae voce goza na minha bunda, kerol tirou minha calcinha e o dedo ia entrando no meu cuzinho bem de leve e logo ela passou a chupar meu cu com a lingua e eu morria de tesao, minha boca estava sempre cheia com aquela rola e kerol arrombando meu cu com aquela lingua e depois foram dois dedos e eu gritava de tesao e dor juntos dae pedi poe seu cacete em mim kerol ela perguntou tem certeza? Eu respondi tenho entao ela pegou o gel passou na minha bunda e no cuzinho e um pouco no seu mastro que pra mim era enorme, ela disse so vou por a cabecinha e dae vc me diz ok, eu disse ok quando a cabeçona entrou nao estava aguentando a dor dae ela disse chega mais para o canto da cama pq aqui que vou te enrrabar garota mimada, quando escultei aquilo arrebitei a bunda e disse me arromba kerol nao sou mimada sou adulta me enfia toda essa rola kerol me ouviu e com as maos no meu ombro começou a enfiar e bombando meu cuzinho bem devagar mordendo meu pescoço e dizendo vc é minha hoje vou comer voce pequena , entao eu disse entao me enfie tudo kerol tudinho e kerol enfiou e a foda começou a tomar outra proporçao com a kerol me enrrabando e sussurando aguenta vai aguenta esse mastro gigante bichinha, vai e bombava bombava e eu toda suada gritava ai, ai nao para vai,come meu cuzinho vai vài kerol, entao com meu cuzinho todo ali receptivo dae kerol gozou bem fundo e deu aquele suspiro e relaxou com a pica ainda dentro do meu cu, quando ela girou e a rola sai senti toda aquela n
porra na minha perna escorrendo dae fui ate a leila e comecei a Chupar seu pau gozado entao a leila bate na porta e como a porta estava aberta entou de repente e me ve toda gozada e acariciando aquela pica com minhas enormes unhas vermelhas e batom todo borrado de chupar aquela rola imensa.
Leila chama atençao da kerol e depois pede para que eu me arrume e va embora que estava ficando tarde, quando terminei de tirar a maquiagem e ainda so de calcinha leila me perguntou se tinha perdido a virgindade com a kerol e eu disse que sim que foi maravilhoso ser garota e ser enrrabada por uma pica enorme como a da kerol entao leila com um pouco de ciumes da colega me mostra seu pau tipo que involuntario dae eu vi que era muito mais grosso que a da kerol entao como nao aguentava outra foda q meu cu tinha acabado de ser arrombado virgem disse a leila que um dia queria sentir uma rola grossa assim como a dela e que nao era pra demorar ao ouvir isso ela ficou com tesao e seu pau inchou inchou rapidinho e ela medisse pra ir embora q iria pensar.
Duas semanas depois tinha uma balada no centro e eu queria me produzir bem moleca mesmo tipo botinha vestidinho toda diferente sexy, fui ate a leila e ela me produziu toda de novo e me disse voce esta linda e ao buscar o batom sempre bem vermelho claro minha marca hehe, me disse que minha hora ia chegar entao eu disse a ela pq nao hoje?
Ela disse ok depois ou antes da festa e eu ja fui tirando o vestidinho e caindo na sua rola que diferente da kerol nem cabia na minha boca de tao grossa q era.
Fui chupando e ela passndo gel no meu cuzinho ja o preparando com um, dois, tres dedos e disse voce esta prontinha pro meu mastro garota, me girou e eu fui sentando no seu pau e ja troquei de posiçao ficando de quatro e bem arrebitada e logo disse me arrombe leila era isso que voce queria era? Leila disse cala a boca vadia e me introduziu tudinho e eu gritava de dor aiii,aiii paaara parra e elea nao parava e continuava tirando e colocando ate que gozei e a leila nao queria parar entao de ladinha tava melhor que de quatro me senti mais relaxada e o tesao apossou de mim e pedia a ela que me coma leila vai nao para e ela enfiava os dedos na minha boca e dizia cala a boca puta vai vai e bombava bombava e derrepente leila gozava e ate senti seu pau inchar dentro do meu cu e ela gozava que delicia, quando seu pau saiu do meu cu logo repeti a chupado no pau gozado mas diferente da kerol a leila nao baixou o pau fiquei surprezo e chupava e ela ne dizia que ia me enrabar denovo entao so disse vem me enfie denovo esse cacetao grosso, e leila outra vez me comeu ate que nao tinha forçar pra ir pra festa e dormi na casa dela. Toda gozada hummm suja de rola.

One Reply to “Putaria entre o novinho e a manicure travesti”

  1. Tava doido para dar para meu vizinho , mais ele falou que só queria se eu fosse menina para ele , no dia ele me vestiu com o babydool da irma dele e me comeu , depois desse dia sempre visto algo , shortinho , vestidinho , calcinha , foi ele que tirou me cabaco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *